CategoriasSem categoria

Excesso de amor não faz mal à ninguém

“Será que agi certo?”, “respondi uma pergunta quando deveria calar?”, “fui muito rígido – ou muito permissivo?”, “deveria estabelecer mais regras?”, “pequei por não ter obrigado a fazer determinada tarefa?’, “o castigo foi a melhor alternativa?”. Educar uma criança é uma responsabilidade enorme e, não por acaso, os...