Você não vai conseguir tudo o que quer

A ideia de que qualquer um pode ser e ter tudo o que desejar, bastando empenho e dedicação, tão difundida atualmente, me incomoda um pouco. Por mais força de vontade que tenhamos não conseguimos tudo que queremos, nem tudo vai ser do jeito que queremos. E nós precisamos aprender a lidar com isso.

Temos que nos responsabilizar pelo que acontece na nossa vida, mesmo nos momentos em que tudo parece estar fora de controle – a isso dão o nome de autorresponsabilidade. Mas, ainda assim, precisamos entender que não conseguimos, por maior que sejam os esforços, ter tudo o que queremos, do jeito que queremos, na hora que queremos.

Nem todo menino que gosta de futebol e diz que vai ser um jogador famoso, por exemplo, conseguirá realizar esse sonho. Muitos nem jogam tão bem assim e, dos que jogam, muitos não terão a oportunidade. Por mais que treinem, se matriculem em escolinhas, participem de torneis. Devem desistir antes de tentar? Se jogam bem, não. Se jogam mal devem entender que não farão desse esporte sua profissão.

Ao longo da vida vamos aprendendo a lidar com frustrações e a capacidade de adaptar nossos sentimentos e talentos à realidade. Não podemos viver só de esperança, pensamento positivo, determinação e obstinação. Até quando vamos insistir em algo que não dá certo na esperança de conseguir? Quanto tempo iremos perder tentando conquistar alguma coisa?

Conhecer nossos próprios desejos é importante, mas também é necessário entender que eles podem não se realizar. E isso não é fraqueza. É respeitar os nossos limites, sejam eles quais forem:  do nosso corpo, da nossa personalidade, do nosso temperamento, dos nossos sentimentos e daqueles que convivem conosco.

Cresci ouvindo a Xuxa falar “querer, poder e conseguir”, cantando que “tudo pode ser, só basta acreditar, tudo que tiver que ser, será”, versos da música Lua de Cristal. Todos os adultos, mesmo aqueles que não assistiam Xou da Xuxa, devem reconhecer que, infelizmente, não basta acreditar para conseguir. E, muitas vezes, nem se esforçar e se dedicar.

Tentou alguma coisa e não deu certo? O mundo não vai acabar. Você não é um fracasso. Você é gente. Gente que sofre derrotas, humilhações e injustiça. Que desempenha papel de mãe, pai, amigo, cônjuge, profissional, estudante, amigo. Gente que consegue muita coisa, mas não consegue tudo, pois na imperfeição da vida reside a nossa força de seguir em frente.

Sobre a autora Todas as publicações

Giseli Rodrigues

Mãe do Lucas. Escritora. Professora. Revisora. Especialista em Letras, Recursos Humanos e Gestão Empresarial. Estudante de Psicologia. Chocólatra. Flamenguista. Pintora nas horas vagas. Bem-humorada. Feliz.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *