CategoriasSó as mães são felizes

Scooby

Aconteceu algo muito importante na minha vida: a família aumentou! Um dálmata lindo, lindo, de apenas 2 meses, é o mais novo integrante da trupe. Scooby é seu nome. Foi batizado por Lucas, claro, que vira e mexe perde a paciência com o bebê. O bebê chora, morde tudo que vê pela frente, só quer estar onde a gente está, pula, corre. Não...

Rugas ou gordura?

Eu, passando anti-rugas enquanto conversava com o Lucas: – Ai, filho, li uma pesquisa dizendo que rir faz bem à pele e evita rugas. – Eu li que rir engorda! – Ih, então tenho que rir menos! – Aí vai ficar toda enrugada… Essas pesquisas dão um nó na minha cabeça. Melhor continuar usando anti-rugas. E voltar a...

8 de junho

Junho é um mês muito especial para mim. Mês de festa junina. Santo Antônio, São João, São Pedro. Aniversário de vários familiares. E mês do meu aniversário. E se tem uma coisa que eu gosto bastante é festa! Para ficar ainda melhor, mês de aniversário da pessoa mais linda do mundo. O Lucas, é claro. Dia 8 de junho. Geminiano...

Na rede

Antes mesmo de ir para o pré-escolar, Lucas já escrevia seu nome no computador. É ele que hoje tira nossas dúvidas sobre programas e os instala, me ajuda a publicar textos no site e adora tudo que é tecnologia. Acho que todas as crianças de hoje são assim. Ou a grande maioria.   Ele tem um sem número de e-mails, vários blogs, site...

Meu filho tem nome de santo

Eu não tive tempo em sonhar com a maternidade. Aos 17 anos estava grávida. E foi descobrir isso para amar aquela criança, que nem era uma criança ainda, de uma maneira que eu não imaginava que poderia amar alguém. Ficar grávida não é fácil – e na adolescência, como foi o meu caso, deve ser ainda mais complicado. Eu não sei. Não...

Diga que você me quer

Minha vontade é ir até você. Beijar seus beijos, abraçar seus abraços, segurar sua mão na minha e rir de nós mesmos até o dia amanhecer – e dormir quando o mundo acordar. Já estou com saudades. É uma saudade tão grande, desmedida e inexplicável que, confesso, estou perdida. Não consigo não pensar em você. Pensei em te ligar...

(Esqueci de Pretinho!)

Estou tão envergonhada…esqueci de Pretinho, um piquinês (é assim que se escreve?) que meu pai me deu de presente. Foi assim: eu estava em casa e de repente um senhor toca a campanhia. “Giseli? Seu pai enviou esse presente. ” Virou as costas e foi-se. Era um cahorro, já adulto, que tentei batizar, mas não me atendia. Tive que...

Um irmão para Rosinha

Eu tenho uma filha. Rosinha. É uma jabuti linda, linda, que mora conosco há mais de vinte anos – e chegou já adulta. É só ela chegar na porta da cozinha que sei que está com fome, adora ficar embaixo do meu carro e chama atenção das crianças que vão em minha casa. Uma das maiores emoções da minha vida foi chamá-la pelo nome e ela...

Alma de criança

Eu sou uma adulta com alma de criança e, de longe, ainda posso ser confundida com uma, já que nem 1,60 de altura (que vergonha!) eu tenho. Sou fã das superpoderosas e me acho parecida com a Lindinha, assisto todos os filmes da Xuxa e estou frustada por não ter ido ao “xou” lá na Barra da Tijuca, adoro o desenho da Ami e Yumi...